Tragédia

Ferreira Gular disse que seus poemas nascem do espanto. Entendo que seja daquelas epifanias divinas. O que me espanta no entanto é a tragédia, seja ela coletiva ou individual. Nesse momento há a comoção porque temos empatia pelo outro. Choramos porque não estava no programado. Choros se traduzem em poemas. Não precisamos de palavras. Abraços são refrões, beijos são rimas. De um poema nasce a esperança, da tragédia nasce a reflexão e a certeza de foi necessária para que nos tornássemos seres melhores. É preciso levantar e superar cada espanto da vida.

Tragédia

6 horas

Quanto tempo dura a vida? Seis horas. Somente isso que separa minha presença de sua eterna ausência. Seu músculo cardíaco morre e minha saudade perdura. Tem momentos que meu coração acelera, bem que poderia ser um excesso de você em mim. Cada aperto no peito nasce um gene daquele que me criou e me geriu. Sinto sua falta, pai, e isso não tem duração. Seis horas que durarão uma eternidade.

6 horas

Metrô

À pedido de Arthur Lima

Impressionante como muitas vezes a vida passa do lado de fora e não percebemos. Perdemos momentos importantes, de alegria e de tristeza, e o motivo é o lugar comum, preocupamos com o trabalho, dinheiro, conquistas materiais. Mas tem momentos que paramos um pouco e na ociosidade encontramos um sentido, um rumo que antes estava por debaixo do túnel. Atrás da janela, vejo vidas e lugares passarem, mas minha vida nesse momento é repassada por mim. A beleza de lá fora me desperta a vontade de não ficar mais parado no tempo, preciso estar em movimento.

Metrô

Beleza

A beleza está nos olhos da dona Maria Francisca. Há alguns dias ela não estava tão bela. Deitada na maca, com suplemento de oxigênio em suas narinas, sua fala ainda cansada e intercortada, buscava me deixar feliz dizendo que estava melhorando. Mesmo no seu pior dia, olhava-me com seus marejados e dizia: só um pouco de falta de ar. Em por preceitos que ultrapassam qualquer lógica natural da vida, ela melhorou. Respirava agora por conta própria. Enchia o peito e agora dizia com fôlego: estou ótima, graças ao senhor e a Deus! Mais belas que sua face agora corada estavam naquele momento as lágrimas que desciam de seus olhos.  Mais belas estavam sua fé e força de vontade. Minha função foi cumprida mas meu esforço foi recompensado. Não há beleza maior que a gratidão mais sincera.

Beleza

Solidão

Interessante pois precisei de uma sugestão de uma amiga para escolher esse tema. Solidão. Uns a evitam, outros a desejam. Não a vejo com menosprezo. Se pensar no sol como exemplo maior de sua expressão, é a sua distância que me mantém vivo. Tem momentos que necessito ficar só. Busco energia para só depois atrair os outros para perto de mim. Se bem que  assim diferencio-me da estrela maior porque, no final, quero todos comigo; no final, não quero ficar só.

Solidão

Poema e pintura

Acabo de ver Adelia Prado no Programa Roda Viva da Cultura. Além de deleitar-me com a entrevista, gostei de algo dito por ela: a pintura é o que mais se assemelha à poesia. E de fato traz a mim exato sentimento. Deve ser porque são nascidas de total silêncio e pessoalidade. Nada pode ser tão seu. A música pode até ser a vontade colocar esse silêncio em movimento. E o cinema pode até ser a música em sua idade mais madura. Mas realmente é o poema, junto com a pintura, a maior expressão de que o seu pode ser de todos.

Poema e pintura

O sentido da felicidade

Só assim mesmo para retornar de tanto tempo; necessitei forçar-me a compor essas palavras e, ainda por cima, em um tema mais que difícil. Pra mim felicidade não é apenas a ausência da tristeza, vale mais que isso. Aquela criança abre um sorriso quando vê a folha cair na cabeça do velhinho; que bom que o velhinho ri por contribuir com aquele sorriso. O rapaz fica feliz com a promoção em seu emprego, a garota fica feliz quando ele nota seus três mínimos centimentros de corte de cabelo. Há quem me disse que a felicidade não existe; nunca estamos satisfeitos, queremos sempre algo que nunca temos, admiramos algo que nunca teremos; esse prazer estampado nesse sorriso é muitas vezes resultado de benfeitoria em nós mesmos, nunca nos outros. Talvez fazer algo de coração, por mais mínimo que seja, seja um bom caminho pra começar o dia. De preferência em que quem saia mais ganhando, na verdade, seja o outro. Se for um desconhecido então… parabéns! Talvez você tenha encontrado uma felicidade diferenciada. Uma felicidade que, por mais diferente de qualquer sentimento humano moderno, está muito mais ligado à aquela criança e àquele velhinho do que você possa imaginar. Pense nisso.

O sentido da felicidade